sexta-feira, 8 de abril de 2011

[Resenha] O Guia do Mochileiro das Galáxias - Douglas Adams


Série O Guia do Mochileiro das Galáxias
Volume 1 - O Guia do Mochileiro das Galáxias
Douglas Adams
Editora: Sextante
Gênero: Ficção Científica
Páginas: 208
"Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, O guia do mochileiro das galáxias vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado.
Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect.
A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do mochileiro das galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário.
Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da "alta cultura" e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar."
Mais um dos meus xodós. Eu sou apaixonada por esse livro e recomendo a todo mundo. Todo mundo MESMO. Tenha você 14 anos ou 80, não importa, se você tem um senso de humor afiado e gosta de livros inteligentes, engraçados e com uma história legal, você o colocará na estante de livros preferidos. O nosso mestre Douglas Adams já se foi, mas nos deixou essa pérola que é aclamada por pessoas do mundo inteiro. Quem me indicou esse livro foi meu padrinho, defensor público e já nas casas de seus 45 anos. Se ele gostou, meu filho, é porque é realmente bom. Eu já tinha visto O Guia antes, nas mãos de amigos meus, mas devido ao título e a capa (que no caso era da edição antiga) eu não levei a sério... Quanta perda de tempo.
O livro é curtíssimo, mas por conter teorias malucas demorei um pouco mais para ler, mas valeu a pena. O Guia do Mchileiro das Galáxias trata de um futuro hipotético e não tão longe onde a terra é destruida e um único sobrevivente da "catástrofe" tem que se virar como um mochileiro das galáxias (mochileiro mesmo, tipo esses que a gente tem aqui na terra mesmo, só que em vez de estados ou países, ele visita planetas, galáxias).
A história parece não fazer sentido de começo, mas depois que você se envolve, não dá mais para parar e também não tem como não se sentir simpático aos personagens estranhos e engraçados. É aquele livro cheio de nomes esquisitos e coisas quase inimagináveis para nós (senhor, obrigada por abençoar a cabeça daquele homem).
E se por um acaso você não gosta de livros futuristas... Então... O que é que tem demais? Leia. Eu também não gosto de livro futurista e veja só.
Marvin é o personagem mais... Impar. Um robô altamente depressivo que participa das cenas mais hilárias do livro. Todos os personagens tem personalidades marcantes, ou pro bem ou pro mal, pode ter certeza.
E se você é nerd... É sua OBRIGAÇÃO ler (sabe a tatuagem do Pc Siqueira, o número 42 no braço? Então, vem desse livro).
Esse é o primeiro de uma série de 5 livros, e em breve eu vou fazer a resenha do segundo.
Sobre a capa... Eu odeio essa capa da nova edição, ela da um ar tão infantil ao livro e numa boa, uma criança muito pequena não vai entender necas de pitibiriba do que o livro passa.
A capa da primeira edição é a mais bonita. Já fizeram 3 capas diferentes para esse primeiro livro (a da primeira edição, uma versão com a capa do filme e essa nova), a primeira e a capa do filme são bem bonitas, a outra é um lixo (opnião minha, vale lembrar). As páginas são bem diagramadas e o livro tem um bom acabamento.
1 2
1- 1ª capa (e a mais bonita)
2- 2ª capa (bonita também)
Ah, sim, boa lembrança... Não veja o filme. Se você viu e não gostou, leia o livro que eu tenho certeza que ele corrigirá a imagem ruim.
Se você gostou... Bem, tem gosto pra tudo nesse mundo. Eu particularmente odiei (a não ser o Marvin, porque ele ficou uma gracinha *-*), mas sério... Eu odiei o filme. Particularmente não gosto de capa de livro que é a mesma do filme... Livro é livro, filme é filme. O que serve pra um, não necessariamente serve pro outro.
Nossa... Já falei um bocado né?! Se você já leu, deixe o seu comentário me contando o que achou, se não... Vou contar um segredinho pra vocês.
Fala sério! Nem desculpa de estar sem dinheiro você tem ok?
O link da oferta ta na barra ao lado, então corre lá!
Beijos e até mais.

Avaliação

Capa:
Acabamento do livro:
História:
Andamento:
Desfecho:

Avaliação Geral



4 comentários:

  1. Muito foda, tenho o box tb. porem daria para a capa nota 4 e o andamento nota 4 tb. a capa tem uma arte minimalista que represnta muito bem o conteudo do livro. uma capa tem de representar o livro, e não ser bonita e maravilhos. o andamento em certos momentos pode ser confuso para quem não tem o costume de ler livros mais complexos pela adição de novos personagens e mundos muito rapidamente, em vez de gradualmente. apesar de que isso é o que cria o estilo unico de Douglas. adeus e obrigado pelos peixes.

    ResponderExcluir
  2. Matheus, então, eu concordo com muita coisa principalmente a coisa do andamento porque é marca do Adams essa coisa sagaz, rápida e inteligente, eu dei 5 porque eu amo isso, acho foda demais! Sobre a capa é que ela afasta muita gente, por parecer infantil, a capa podia ser mil vezes mais bonita e retratar melhor o livro... Foi nisso que eu pensei na hora de avaliar...
    Bem é isso. Obrigada pelo comentário
    ;*

    ResponderExcluir
  3. Li apenas o primeiro da serie e posso dizer que so nao li o restante por não ter tido condições de comprar,e ainda nao achei alguem pra me emprestar xD.Não sabia que tinha um filme,deve ser ruim mesmo já que filmes sobre livros tendem a ser.Ah so pra constar ultimamente não to tendo nem $9,90 u.u

    ResponderExcluir
  4. Tem na biblioteca da escola, vou pegar e dar uma olhada agora :D

    ResponderExcluir