domingo, 17 de julho de 2011

[Resenha] Perfeitos (#2 Feios) - Scott Westerfeld


Perfeitos
Scott Westerfeld
Editora: Galera
Gênero: Y.A.
Páginas: 382
“ Finalmente, Tally é perfeita. A cirurgia foi um sucesso, sua vida em Nova Perfeição é ótima e a fama de feia rebelde fez dela uma celebridade! Mas, quando ela não consegue ver nenhum defeito em sua nova fase, um enfumaçado aparece e faz com que Tally se lembre de tudo...
Agora, Tally terá de enfrentar seu maior desafio e entender que, no mundo de Feios, nem sempre a aparência condiz com a realidade.”
[Cuidado! Pode conter spoilers sobre o primeiro livro. Se quiser ler a resenha sobre Feios, clique aqui.]

Tally tornou-se perfeita para testar a Cura de Maddy e salvar sua amiga Shay da vida atraente de Nova Perfeição. Porém, ela própria acaba seduzida pelas luxuosas festas e a enorme fama que adquirira ali. Cada vez mais puxada para os braços dos “grupos populares” de Nova Perfeição, Tally se afunda em uma rotina fútil e vazia... Até que um dia em uma de suas festas, um antigo enfumaçado amigo seu aparece e bagunça completamente a sua cabeça, trazendo à tona aquilo que um dia ela fora.

Sem perder nenhum traço de sua forma descontraída e simples de escrever o livro, Scott consegue perfeitamente manter a qualidade impecável de Feios. Diferentemente de muitos livros em que a continuação acaba ficando forçada e ruim, Perfeitos mantêm o mesmo nível de seu antecessor, trabalhando a critica social da aparência por novos e interessantes ângulos.

Eu achei simplesmente genial a parte em que Tally encontra a tribo “primitiva” que o governo mantêm no meio do nada, presos por superstições e alta tecnologia. E não é só isso, apesar de não ter gostado muito de Zane, o seu aparecimento trouxe um conflito interno muito interessante para Tally. No fundo, no fundo, ela ainda tem a perfeição enraizada em sua cabeça e se livrar dos rostos bonitos que a cercam será difícil. Só posso dizer que Zane e David são o contraste perfeito entre o feio e o bonito e a forma como Scott trabalha isso na cabeça de Tally é, no mínimo, louvável.

Para encerrar, devo dizer que o final do livro é de tirar o fôlego. Ao chegar nas últimas páginas, parar de ler se torna uma atividade muito difícil e dolorosa. Isso sem contar que o gancho dado para o próximo livro faz com que você tenha vontade de fechá-lo e já correr para a livraria. Não sei se sou suspeita demais para falar isso, já que eu sou apaixonada pela série, mas nenhum aspecto desse livro me decepcionou. Acho que posso falar isso porque várias séries como Crepúsculo, Academia de Vampiros ou Vampire Diaries tiveram , de fato, continuações que me desagradaram. Então, sobre Perfeitos, embora eu esteja evitando uma analise mais profunda em prol de não soltar spoilers, é muito recomendado!


Avaliação:
Capa:
Acabamento do livro:
História:
Andamento:
Desfecho:

Avaliação Geral:

Um comentário:

  1. Olá!

    Não tive muito interesse até agora em ler essa saga, mas parece ser boa.Quem sabe futuramente, nãoé!? :)

    Bem, perdoe o breve comentário. Passei para lhe avisar que tem um selinho esperando por você lá no blog: http://universoliterario.blogspot.com/2011/07/selo.html

    Um forte abraço!

    ResponderExcluir