sábado, 1 de outubro de 2011

Book Blogger Hop #48



Boa tarde! Estou aqui para mais um Book Blogger Hop, um meme organizado pelo Murphy's Library toda semana e que tem como intuito conectar e aproximar os diversos blogs que compartilham essa mesma paixão: a literatura. Para tanto, basta seguir as regrinhas descritas no blog citado acima e responder à pergunta da vez! Simples, não?
Então vamos à pergunta!


"Você considera o país de origem da hora de comprar um livro?"


Flávia: Olha, há alguns anos eu realmente levava muito em conta a origem do livro. Se não fosse americano, não servia. Eu torcia o nariz até mesmo para os livros brasileiros. Depois que comecei a realmente me entregar ao mundo literário, meu pensamento mudou. Hoje, leio livros de qualquer origem e estou buscando, principalmente, incentivar a literatura "não-americana". É um pouco difícil, até porque os títulos são desconhecidos e de acesso mais restrito, mas basta um pouquinho de boa vontade para obtê-los. Se quiser começar, sugiro dois autores dos quais eu particularmente gosto: Eoin Colfer (Irlandês escritor de "Artemis Fowl") e Garth Nix (Australiano escritor de "A sétima torre")

Flora: Não é algo crucial na hora da escolha de um livro, mas tem certas ocasiões que eu procuro escritores de certo país, pra ver se acho títulos diferentes. Eu gosto de uma literatura meio alternativa, uma coisa diferente, isso realmente me atrai. Porém a origem de um escritor nunca foi algo que realmente importou se eu já estava interessada no livro, saber se o escritor era do país 1 ou do país 2, realmente não fazia diferença. 

2 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Nunca tive nenhuma frescura em relação à autor no geral. Na verdade nunca pesquiso sobre o autor do livro antes de ler o livro. Acho que a origem do livro não muda de forma alguma seu conteúdo. Em minha singela opinião, julgar um livro pela sua nacionalidade é um preconceito, E como qualquer preconceito, é uma idiotice. Tudo bem você ter um país que que se adapte melhor ao seu estilo literário, pois cada país tem suas peculiaridades na literatura. Mas isso são apenas alguns regionalismos, e deixar isso influenciar de verdade nas suas escolhas apenas te impede de conhecer novos estilos, e é sempre bom conhecer novos estilos.

    ResponderExcluir