quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

[Resenha] A Iniciação - L. J. Smith

A iniciação
Volume 1 - Círculo Secreto
L. J. Smith
Editora: Galera (Record)
Gênero: Ficção, Sobrenatural, Romance.
Páginas: 255
"Cassie é uma garota tímida de dezesseis anos de idade que se muda de volta para a cidade de Nova Salem com sua mãe. Antes que ela deixe sua cidade velha, no entanto, ela se apaixona por um garoto misterioso chamado Adam quem ela pensa que nunca verá novamente. No entanto, ao chegar em Nova Salem, Adam também está lá na mesma escola que ela. Ela logo descobre que uma estranha elite comanda a escola. Nesta elite, há duas meninas que se interessam em Cassie: Faye, que olha para ela e tem prazer em causar-lhe dor e quer fazer um boneco de Cassie, e Diana, que é muito mais agradável e torna-se melhores amigas com Cassie e ambas começam a amar uma a outra como irmãs. Revela-se logo que os membros deste círculo são bruxas e que Cassie é uma tambem. Diana é o líder do Círculo e Faye tem a ambição de tomar o lugar dela. Cassie também descobre que Adam é o namorado de Diana."
Eu o ganhei de uma amiga em um amigo invisível de de fim de ano em que só trocamos livros. Na verdade eu praticamente pedi. Sou apaixonada por histórias de bruxas com uma pegada medieval, com poções e grupos de bruxas que são de uma linhagem essas coisas, algo mais Wicca (religião), mais exotérico. E era isso que esperava de Círculo Secreto - A iniciação.
Nunca li nada da L.J., nunca me interessei por Diários do Vampiro ou mesmo pela série de tv. Aliás, ela é mais conhecida por seus livros virarem série, já que Circulo Secreto deu origem a série homônima que eu também estou vendo e que não tem nada a ver com a história da L.J. pra falar a verdade.
Cassie e sua mãe estão de férias em New England (É uma região dos EUA localizada na ponta nordeste do país. Pertencia as treze colônias originais. Seu centro cultura e econômico é Boston) e deveria ir visitar a avó dali a uma semana pra só então voltar à California, onde mora. Um dia enquanto está na praia com Portia, amiga chata de Cassie, um garoto misterioso aparece e todos por quem ele passa mostram total desprezo por sua presença, Cassie é instruída pela amiga a Portia a fazer o mesmo, mas não faz. Mais tarde ajuda o mesmo garoto a fugir dos irmãos de Portia e mais um grupo de valentões. E depois disso ela começa a sonhar, tanto dormindo quanto acordada com ele, sem ao menso saber seu nome. Mais tarde a mãe lhe informa que terão de morar com avó que está doente. Cassie tem que enfrentar uma casa nova, cidade nova e claro, escola nova. Na escola ela começa a ser perseguida por Faye e sua gangue, uma das turma populares no colégio. Um dia é salva por Diana das garras de Faye e elas então se tornam muito amigas. A trama só vai começar mais tarde quando Cassie entra quase que sem querer no Circulo Secreto e se torna uma bruxa e junto a isso ela descobre que o seu "garoto misterioso" é Adam, namorado de Diana.
E por isso eu digo, tem um "quê" de enrolação bem grande nesse livro. Tem passagens que simplismente não precisavam ter. Podia pular tranquilamente, sem o jrejuizo da história. E nesse caso, eu acredito que a enrolação, famoso encheção de linguiça, pra fazer virar uma trilogia (se não virar série, o que eu não duvido nem um pouco), senão os três livros poderiam ser transformados em um volume maiorzinho (de 300 e poucas páginas). Sim. É uma trilogia.
E o fim do livro é o climax, ou seja, eu vou ler a continuação, mas confesso que mais para saciar a minha curiosidade do que porque "eu gostei demais do livro".
A prosa é rápida e fluida, mas não convence, em vários momentos eu confesso ter tido vontade de deixar pra lá porque o livro não evoluía. Mas como o livro é pequeno e fácil de ler, foi até que bem rápido terminar o pouco mais de 200 páginas. Ao começar o livro eu tive aquela impressão de "mais do mesmo", de já ter visto aquilo em algum lugar. O jeito da narração e até a trama é bem parecida com Casa Glass da Rachel Caine e A Mediadora da Meg Cabot, tirando o fato de nos casos destes, a protagonista são legais.
Os personagens são em geral mal utilizados, Cassie é extremanete... Normal. Ela é meio reclamona, não muito, mas ela não tem absolutamente nada demais, eu gosto dela e espero que ela cresça nos próximo livros. Quem coloca um pouco de sal no trem é Adam, e ele foi tão mal aproveitado que aparece no começo e depois na página 195, e ainda sim consegue agitar as coisas no livro, mas ainda sim... Mal aproveitado.
Faye, que é a vilã, é a melhor personagem, a que mais tem personalidade. Ela é má e não está nem ligando, tem atitude, é realmente a que eu mais amei detestar... Porque ela ainda sim é uma grande sacana, dá dó da Cassie. Diana é um amor de menina, e um bom personagem, espero que cresça, porque ela é realmente me agrada... Tirando o fato de que ela é extremamente boazinha e isso me irrita um pouco. 
A edição é linda, mas "ah!", estamos falando da Galera, eu realmente não me lembro de ter visto uma edição feia quando se trata de um livro vindo de lá. A capa tem um relevo bem legal, além de parecer ser de veludo... É realmente muito bonita.
Sobre a série. Bem... Não tem nada a ver com o livro e é absolutamente superior à história de L.J.; Só pra você ter uma idéia, nem a cidade na série é igual. O livro se passa em New Salem, Massachusetts, enquando a série se passa em Washington, o círculo no livro se fecha em doze pessoas, na série, em seis. Na série Cassie é muito legal; no livro, não... E por ai vai. Eu amo a série e ela é infinitamente mais promissora. 


Concluindo, Circulo Secreto - A iniciação é um livro bom, mas não tem muito a acrescentar. Eu vou ler as continuações, porém ele não chega nem perto de entrar no hall de livros preferidos, ele é livro "mais ou menos", mais pra mais do que pra menos, mas ainda sim, mais ou menos.


Avaliação:

Capa: 
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento: 
Desfecho: 

Avaliação Geral:

Nenhum comentário:

Postar um comentário