quarta-feira, 7 de março de 2012

[Resenha] Livraria Limítrofe - Alfer Medeiros


Livraria Limítrofe
Alfer Medeiros
Editora: Estronho – Selo Fantas
Gênero: Fantasia, Contos
Páginas: 192
“Que importância a literatura tem na sua vida? Ela está presente no seu dia a dia? O que significa para você? Quanto ela moldou do seu caráter e jeito de ser? Com certeza, as respostas a estas perguntas variam consideravelmente, de pessoa para pessoa. O hábito da leitura, e o prazer advindo dele, trazem resultados distintos para cada indivíduo, afinal o ser humano é único na sua maneira de julgar o que os sentidos captam e o que a mente retém. A Livraria Limítrofe é o lugar onde pessoas comuns vislumbram cenários e personagens palpáveis, criados através de suas mentes, colhendo fisicamente o que pela leitura foi plantado.”
Quando eu li o primeiro capítulo de degustação da Livraria Limítrofe, percebi que precisaria pegar aquele livro pra ler o quanto antes. Era uma proposta diferente, algo um tanto ousado, mas que poderia funcionar de uma forma maravilhosa. E, agora que posso falar com certeza, de fato funcionou. Quando finalmente peguei o livro para ler, não consegui parar enquanto não vi as últimas páginas se acabarem.

A “Livraria Limítrofe” é um livro de contos e, portanto, seria um pouco exagerado de minha parte falar individualmente de cada um. Até porque, são contos bem pequeninos, alguns com não mais do que uma página. Mas, de uma forma geral, posso afirmar que todos eles são fabulosos (Literalmente ha ha!). Não houve um conto sequer que tenha ficado ruim ou que tenha me desagradado. Todos eles foram cuidadosamente escritos, cada qual visando atingir os gostos de um tipo diferente de leitor. Tenho certeza de que quem quer que leia “Livraria limítrofe” irá se identificar com pelo menos um conto, ou dois, ou todos!

A estrutura do livro é muito criativa e bem feita. Envolta em um mundo que faz parte da imaginação de muitas pessoas, a história é criada em torno de uma livraria onde absolutamente tudo pode acontecer, desde que você imagine. Acredito que a maioria das pessoas que apreciam uma boa leitura tenha a mente bem aberta para viajar pelos lugares mais exóticos ou fantásticos já imaginados. Então, imaginem-se naquela campina verde e ensolarada que presenciou as mais bravas aventuras de seu cavaleiro predileto e a livraria lhe trará aquilo... O cheiro de terra, o brilho radiante do sol em cada superfície, o som farfalhante das árvores ao longe, do rio agitado que se estende por perto... Seria maravilhoso! E esse livro lhe traz tudo isso em forma de palavras bem descritas e insinuações gostosas das mais diversas obras já escritas. Você se pega, no final, desejando passar por uma esquina em que se abrisse diante de você uma porta com os dizeres “Livraria Limítrofe”. Não consigo nem definir com precisão que tipo de ambiente se abriria diante de mim, tamanha é a extensão de meus sonhos.

Outra coisa interessante, é que em momento algum o autor menciona o título das obras citadas, deixando a cargo da imaginação e da bagagem literária do leitor deduzir qual livro está sendo trabalhado ali. É muito divertido ficar tentando adivinhar qual seria aquela obra em que as crianças entram em um armário para se aventurar em outro mundo, ou aquela em que o detetive inteligente é capaz de resolver até o mais improvável dos casos. Meu livro ficou marcado por dezenas de post-its só para citar os títulos das obras que eu consegui desvendar.

Eu achei genial a idéia trabalhada pelo autor e acredito que esse livro deva ser lido por todas as pessoas que gostam das boas obras que a nossa literatura já nos trouxe. Além do mais, é um livro relativamente rápido de ser lido, com um português fácil, simples e histórias deliciosas com as mais diversas situações e personalidades. E, é claro que não vou deixar de comentar, ainda tem a capa – ou a falta dela – que foi uma idéia um pouco não-viável, mas que esteticamente ficou muito bonita. (Digo não-viável porque eu sou muito fresca com meus livros e tenho agonia quando a capa começa a envergar – o que normalmente acontece quando o livro não tem orelha.).

Avaliação:


Capa: 
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento: 
Desfecho: 


Avaliação Geral:

  

Um comentário:

  1. Estão falando super bem deste livro e já quero ele só pelo estilo, ele é completamente diferente de todos os livros que já vi, é lindão.
    A Estronho sempre manda muito bem na confecção e diagramação dos livros.

    Beijocas

    ResponderExcluir