sexta-feira, 13 de abril de 2012

[Resenha] O Recruta - Robert Muchamore (CHERUB #1)

O Recruta
Robert Muchamore
Editora: Fundamento
Gênero: Ficção, Aventura
Páginas: 296
“CHERUB é uma agência de espionagem. Seus agentes têm entre 10 e 17 anos e costumam passar despercebidos no mundo dos adultos, que não veem uma criança ou adolescente como ameaça. Oficialmente, esses agentes não existem. Mesmo para um adolescente, a rotina de James Choke era conturbada até demais - ele nunca procurava confusão, mas estava sempre metido em uma. E as coisas só pioraram quando a mãe do garoto morreu no mesmo dia em que ele foi expulso da escola depois de uma briga com uma colega de classe. James foi mandado para uma instituição para órfãos, onde encontra garotos com histórias ainda piores que as dele e que invariavelmente sairiam dali direto para uma curta e tensa vida de crimes. Quando pensou que nada poderia mudar seu destino, James foi surpreendido com um convite para tornar-se um agente da CHERUB. Ele agarrou a chance e começou um treinamento que testou todos os seus limites físicos e psicológicos. A primeira missão de James foi infiltrar-se em uma comunidade onde um grupo de terroristas poderia estar se escondendo. Mas será que ele estava realmente pronto para agir sem despertar suspeitas? Será que vai suportar a pressão de cumprir uma tarefa tão arriscada? O garoto terá que entender que no jogo de espiões da vida real não existe "continue" ou "restart". E que falhar não é uma opção. A série CHERUB é um sucesso entre jovens da Inglaterra, Estados Unidos, Portugal, Suécia e Japão, entre outros países. Você não pode perder esta aventura de tirar o fôlego!”
Bem, acho que devo começar falando de como eu adquiri esse livro.

Esse livro é um dos que eu ganhei de presente de uma galerinha da pesada que eu conheci lá em Franca. Mais especificamente, ganhei esse livro do meu grande (ele é realmente grande, 2 metros de altura, quase) amigo Ricardo. Ele já falava comigo há um tempo desse livro. E tipo, ele falava muuuuuuuuuuuuito, e super bem dele, então obvio que fiquei super feliz de ganhar o livro, mas admito que não tinha muitas expectativas em relação a ele. Não gosto de ficar com expectativas, pois caso o livro seja bom, sempre me surpreendo,  mas, se ele for ruim, não me decepciono. Isso também evita que opiniões de outras pessoas influenciem na nota que vou dar.

A história do livro é mais ou menos a seguinte: James é um garoto de 12 anos que tem, realmente, uma vida de merda. Ele é expulso do colégio porque sem querer empurrou uma garota em um gancho, e ela se machucou seriamente. E essa garota é a irmã do valentão do colégio. Depois disso, sua vida vai só desandando e atinge basicamente o fundo do poço. Até que ele tem a chance de se redimir, entrando para uma organização chamada CHERUB. A partir daí a vida dele dá uma reviravolta de 540º horizontalmente e 45º na vertical. Mas pra saber o que vai acontecer a partir daqui só lendo o livro, pois não quero dar spoiler.

Olha, o livro é realmente muito bem escrito, sabe aquele tipo de leitura rápida, fluida, que quando você vai ver as 290 paginas duraram só 2 dias? Então, "O Recruta" é esse tipo de livro. A linguagem que ele usa é muito bem focada no publico jovem, utilizando-se de muitas referencias para esse publico (O que não é tão comum assim. Parece que muitas vezes os autores se esquecem de que estão escrevendo para jovens, e acabam complicando muito o livro).

E o autor conseguiu sair bastante do lugar comum, fazia um bom tempo que eu não lia um livro sobre agentes secretos. Na verdade, acho que não li nenhum que não fosse de agentes secretos sobrenaturais, como por exemplo o Sr. Ardiloso Cortês. Sem contar que o autor faz várias criticas sociopolíticas ao longo do livro.

Adorei o fato de James não ser o herói personificado. Ele é um garoto praticamente normal, com atitudes normais, sem fazer aquele tipinho “Eu sou a única esperança da terra, tenho de fazer meu melhor para salvar o mundo das forças do mal, bla bla bla", "Fui o escolhido, e tenho que aceitar meu destino”. Ele tem 12 anos, tem todos os conflitos de um garoto de 12 anos, e faz merda como um garoto de 12 anos. Isso é um grande ponto positivo para o livro.

Algo que não gostei muito, foi o fato de o livro ter seguido muito a receita padrão de bolo para livros do gênero. Garoto pré adolescente com uma vida ferrada, acaba se descobrindo especial por causa daquilo que todos consideravam um defeito nele. Por esse motivo ele é mandado para uma instituição, e lá tem aulas para desenvolver suas habilidades especiais. Tem 2 grandes amigos, um todo certinho e outro meio avacalhado. Então algo acontece, ele tem de realizar uma missão, demonstra toda sua coragem e astúcia, e consegue salvar o dia.

Mas apesar disso, esse é um bom livro e merece crédito. Provavelmente se eu tivesse lido ele antes de ler outros livros do gênero, ele seria um livro 4 ou 5 estrelas. Mesmo assim, ele conseguiu me arrancar boas risadas (tem momentos muito cômicos) e, em alguns momentos, quase chorar (ele é bem dramático também). Acho que ele foi um bom presente, thanks Ricardo, e, quem tiver a oportunidade de ler, pode ler "O Recruta" sem problemas, que não vai estar perdendo tempo.  


Avaliação:
Acab. do livro:
História: 
Andamento:
 
Desfecho: 

Avaliação Geral:

Nenhum comentário:

Postar um comentário