segunda-feira, 25 de junho de 2012

[Coluna] Da Terra do Sol Nascente #9 - Heart no Kuni no Alice - Hoshino Soumei

Heart no Kuni no Alice
Hoshino Soumei
Sem edição no Brasil
Volumes: 35 capítulos divididos em 5 volumes.
Gênero: Shounen, comédia, drama.

Bem, como vocês sabem, essa é a semana temática do blog em homenagem ao Lewis Carroll, esse sagaz escritor que, como vocês devem saber, escreveu sobre o fantástico mundo que dá nome, tema, e alma ao Into. E, cumprindo meu papel, pensei em pegar algo diferente e, ao mesmo tempo, relacionado a Alice. Inicialmente pensei em pegar algum jogo, tanto pelo motivo de que faz um bom tempo que não falo sobre um jogo, quanto pelo de que existem vários jogos interessantes sobre Alice. E nenhum que eu tenha testado.

Falando em testar jogos, eu tenho esse costume. Pegar um jogo para analisar, compreender e, depois eu abandono. Tenho a incrível capacidade de quase nunca terminá-los. Os únicos que eu termino são os de internet. Sou over viciado em joguinhos de internet. Mas, como isso nada tem a ver com Alice, ou com a resenha de hoje, vou voltar ao assunto principal.

Como eu estava dizendo a dois parágrafos atrás, eu estava querendo falar sobre um jogo. E, só para me contrariar, resolvi pegar um mangá em vez do jogo. Então, ai se inicia o processo de escolher um bacana, porém underground sobre Alice. Existem vários, mas nenhum prendeu minha atenção.

Até que, um amigo de um amigo de um primo meu me indicou esse mangá, Heart no Kuni no Alice. Não, brincadeira, foi a Flah que me indicou ele mesmo. E é nesse ponto que começa minha epopeia de leitura, que na verdade não foi tão longa assim.

Então lá vou eu no meu leitor de mangá online favorito, ver se tem o Heart no Kuni no Alice. Tem. Abro, pego o 1º capitulo. O mangá se inicia com Alice acordando em um belo gramado. Na verdade, sendo acordada por sua irmã mais velha, mais bonita, mais elegante, mais inteligente, mais tudo do que ela. E que ela, como toda mulher faria, inveja essa superioridade da irmã. Mas mesmo assim ela gosta muito da irmã, de verdade.

Passado alguns minutos das duas conversando, a irmã de Alice vai buscar um baralho para que elas joguem um jogo, e nesse tempo, Alice se deita novamente. E, para variar, ela é acordada. Só que, dessa vez, ela é acordada por um coelho. Não exatamente um coelho, mas um cara com as orelhas de um coelho, e esse é o Sr. White. Ele a sequestra, entra com ela em um buraco e, ai a história começa a se desembolar.

O mangá é um shounen, então, não seria de se surpreender que ele tenha bastante ação. Mas o que me surpreendeu no Heart no Kuni no Alice foi exatamente a falta de ação. Ele é extremamente parado, basicamente a Alice passeando para lá e para cá, conversando com algumas pessoas, etc e tal.(Mas não da mesma forma do Alice de Lewis, na qual cada encontro nos leva a uma reflexão)

De tempos em tempos ocorre algum fato para quebrar a monotonia do mangá, como por exemplo um tiroteio entre a galerinha do parque de diversões e os mafiosos da família Hatter (Hatter = Chapeleiro, para aqueles não muito conhecimento em inglês) e, adivinhem só, o Chapeleiro é... Brincadeirinha, não vou contar senão é spoiler xD

Mas então, o mangá podia ser realmente bom, tem uma história interessante, personagens secundários bacanas, porém a personagem principal, Alice, é extremamente sem graça. A ponto de, caso houvesse um filme baseado nesse mangá, ela poderia facilmente ser interpretada pela Kristen, e seria uma interpretação perfeita.

Algo que também devo elogiar, além da história, é o desenho. Realmente, é um mangá excepcionalmente bem desenhado, com traços bem definidos e um ótimo cenário, mas ele peca um pouco na expressão dos personagens, e na criação de uma personalidade para cada um.

Então, posso dizer que, dessa vez falhei ao procurar algo digno de Lewis Carroll para a semana temática. Peço que me perdoem por isso. No entanto, caso você goste de crepúsculo, recomendo esse mangá. Tem características de personagens semelhantes. E não estou criticando nenhum dos dois, só não é meu estilo, já falando antes que eu seja crucificado. 

Avaliação:
Ilustração: 
Narração: 
História: 


Avaliação Geral:

Nenhum comentário:

Postar um comentário