sexta-feira, 29 de junho de 2012

[Resenha] Alice's Adventures Through the Looking-Glass - Lewis Carroll (#SemanaCarroll)


Alice's Adventures Through the Looking-Glass
Lewis Carroll
Editora: Collector’s Library
Gênero: Fantasia
Páginas:
Inglês: 3/5 (Médio)

Falar de Alice é sempre algo complicado e, se tratando de mim, deveras suspeito. Primeiro porque existe uma forte divergência de opinião quanto a qualidade e as inspirações de Lewis Carroll para escrevê-lo. Segundo porque tenho uma devoção quase que religiosa pelos livros de Alice. Acredite, dificilmente acharei alguma adaptação, versão, ou principalmente as obras originais e na íntegra ruins. Portanto, estou aqui apenas para expor a minha humilde opinião de o porquê esses livros são tão maravilhosos, mais especificamente sobre o “Alice’s Adventures Through The Looking-Glass” (As Aventuras de Alice Através do Espelho), já que a Florinha já fez a resenha do primeiro livroAlice do País das Maravilhas” nesta quarta-feira. Clique aqui para lê-la.

Nesta segunda parte de suas aventuras, Alice entra pelo espelho e encontra um mundo tão bizarro quanto aquele que visitou ao entrar no buraco do coelho. Cenas desconexas, criaturas estranhas, diálogos pra lá de doidos e vários personagens ainda mais insanos permeiam essa nova história, que ocorre em sua maior parte em um tabuleiro doido de xadrez.

Não há como contar muito da história sem acabar entrando no perigoso campo dos spoilers já que, desde o primeiro livro, a obra é composta por pequenas cenas, de acontecimentos curtos e malucos, mas que, no fundo, trazem algum tipo de mensagem (Mesmo que muitas vezes esta seja realmente difícil de arrancar.). Portanto, se eu contar alguma coisa além do fato de que Alice entra nesse mundo atrás de seu espelho, eu estaria contando spoilers.

A história deste livro é tão legal quando a primeira e traz várias mensagens e muitas passagens por vezes cômicas! O que muitas pessoas não sabem, é que tanto a animação da Disney, quanto o filme feito pelo Tim Burton (e algumas outras adaptações perdidas por ai), fazem a união das duas histórias em suas obras. 

Quando se fala em Alice, lembra-se e lê-se principalmente a primeira aventura, mas acaba por se esquecer a segunda. Portanto, eu digo aqui a vocês: é nesta que temos os gêmeos, a rainha branca, e diversas outras criaturas que, a principio pareciam ser apenas invenções para dar mais vida aos filmes.

Em resumo, eu acredito que seja aquela coisa: quem gostou do primeiro, vai igualmente adorar o segundo. Agora... Quem não gostou do primeiro, com toda a certeza não vai gostar do segundo. A enorme interrogação durante a história e o velho nó no cérebro que se segue durante a aventura de Alice permanece com igual intensidade aqui. Acho engraçado o tanto que a imaginação de uma pessoa pode evoluir e adentrar por caminhos tão... Loucos!

Eu li a versão em inglês da Collector’s Library, que a Florinha me deu! O livro é super bem feitinho, com capa dura vermelha e a bordinha das páginas douradas. Ele vem com as duas histórias das aventuras da Alice na íntegra. Se você deseja ler em inglês, eu aconselho justamente essa versão. (Principalmente por ser linda, admito!)

Avaliação:
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento: 
Desfecho: 

Avaliação Geral:
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário