sexta-feira, 24 de agosto de 2012

[Resenha] Vítimas do Silencio - Janethe Fontes


Vítimas do Silêncio
Janethe Fontes
Editora: Universo dos Livros
Gênero: Drama, Ficção, Romance
Páginas: 187
"Violentada sexualmente, ela preferiu manter o silêncio. Porém, o preço do seu silêncio pode ter-lhe custado alto demais.
Um caso de abuso sexual
Uma tentativa de fuga
Um novo crime e ameaças
O reencontro com o inimigo
Uma garota é vítima de estupro e tenta reconstruir sua vida. Mas, quando finalmente acredita ter encontrado o caminho da felicidade e esquecido aquela noite fatídica, um novo episódio a faz despertar para a apavorante certeza de que é absolutamente impossível fugir do passado. E só existe uma alternativa para que a paz retorne ao seu coração e se faça prevalecer a justiça: confrontar seu pior e mais temível inimigo.
Com uma narrativa surpreendente, a autora mantém o suspense até o fim, fazendo com que o leitor tenha de prender o fôlego para acompanhar essa aventura que traz, a cada capítulo, novas revelações e emoções de um passado que já parecia esquecido.
Vítimas do Silêncio combina ingredientes como Romance, Aventura, Suspense, Sedução e Mistério em um livro que vai prendê-lo do começo ao fim, tendo como pano de fundo a questão do abuso sexual."
Bem, esse livro foi enviado gentilmente pela autora, Janethe Fontes. Eu particularmente prefiro a capa da primeira edição, já que essa me dá um pouco de medo (juro, não estou brincando). Demorei MUITO para pegar Vítimas do Silêncio para ler, mas muito mesmo. Entretando, quando comecei, só consegui parar de ler quando terminei.

Margarida é uma garota de 17 anos que tem que se mudar de São Paulo para o interior depois de passar por algo horrível. Ela não conta para ninguém sobre o que levou a se mudar para longe de sua mãe e sua irmã, nem mesmo para sua tia a quem pede abrigo.

Esse livro retrata uma situação que ocorre o tempo todo e nós nem percebemos: o abuso sexual de crianças e adolescentes. Nós não fazemos ideia de como os dados sobre esse tipo de ato são altos. 

Enfim, a história, apesar de tensa, é muito legal. Ela se estende ao longo de mais de uma década e é MUITO rápida. Entretanto, nesse caso, acaba passando voando pela história e você não consegue se fixar nos personagens. Algo que contribui para isso é que a narrativa que tem muitos, muitos, diálogos. 

Na verdade, isso me incomodou um bocado. Pareceu que mesmo com a temática forte do livro as reflexões, que precisavam ser feitas, não foram feitas. Como se simplesmente você pegasse 10 anos de uma pessoa e jogassem em páginas de livros. E mesmo que a prosa de Janethe tentasse se aproximar de Guida, a personagem parecia demasiadamente distante.

Apesar disso, o livro é bem bacana. O enredo é FANTÁSTICO! Todos os acontecimentos condizem com os personagens e a história caminha por locais e situações muito bacanas. 

Eu não tenho certeza se esse é o primeiro livro da Janethe, mas como estréia ou começo de carreira é um ótimo presságio. No entanto tem uma escrita bastante marcada por ser o começo, ou seja, deixa transparecer demais esse início.

Na contracapa e em alguns momentos, não me recordo exatamente quais são, tem o uso de reticências sem necessidade. Mas isso é algo pessoal. Quando se quer dar impacto a algo dito é melhor usar o ponto final. É mais impactante do que a reticência. Tipo, MUITO mais.

Enfim, como eu disse, a capa me dá medo, mas a diagramação e revisão são bem feitas e poucos erros passaram!

Resumindo, o livro é bom e Fontes tem tudo para crescer como escritora. Ah! O tema tratado é algo muito sério e tem que ser discutido, por isso, recomendo a leitura!

Avaliação:
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento: 
Desfecho: 

Avaliação Geral:

Nenhum comentário:

Postar um comentário