quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

[Resenha] Branca de Neve - Os Contos Clássicos


Branca de Neve – Os Contos Clássicos
Alexandre Callari e outros autores
Editora: Generale (Évora)
Gênero: Fantasia, contos de fadas
Páginas: 224
“Entre os diversos autores presentes na publicação organizada por Alexandre Callari estão, os irmãos Grimm, o aristocrata Giambattista Basile, os folcloristas Joseph Jacobs, Laura Gonzenbach, Thomas Frederick Crane e Ernst Ludwig Rochholz, o romancista Alexandre Pushkin, além de um conto do próprio Alexandre Callari, que deu via a sua própria Branca de Neve, recontando a história da bela de uma maneira peculiar. As histórias de cada autor se passam nas mais variadas regiões europeias e abordam diversos temas bem atuais e humanos como a inveja, ciúme, traição e mentira, algumas com uma pitada de romance, terror, suspense e até mesmo tragédia. Todos os contos presentes no livro vêm com um comentário e análises que visam o entendimento dos elementos que compõem suas origens, já que as narrativas contém um pouco do folclore de diversos países como a Itália, Alemanha, Suíça, Escócia, Rússia, entre outros locais. Além de incorporar sua própria história sobre a Branca de Neve, Alexandre Callari também comenta sobre as variações da história e da própria personagem ao longo de cada conto e cada versão, analisando também os filmes com a personagem, desde o primeiro lançado em 1902 até os que estão prestes a serem lançados.”
Percebi esse ano que houve uma grande febre pela volta dos Contos de Fadas, principalmente na forma de adaptações das histórias, ou até mesmo nas recontagens delas. Começou pelo tão anunciado “Once Upon a Time”, depois teve “Espelho, espelho meu”, “Branca de Neve e o Caçador”, “Beauty and the Beast”, “Grimm” e vários outros filmes/seriados que se perderam por ai. E há de se reparar, também, que pelo menos nesses lançados em 2012, a maior parte fez alusão ao conto da Branca de Neve.

Acredito que ainda ouviremos falar de várias outras adaptações que chegarão por ai baseadas em algum conto de fadas, e admito que eu gosto bastante disso, embora muitas vezes saiam histórias bem ruins. Esperemos o que 2013 tem para gente, isto é, se o mundo não acabar!

Comprei esse livro justamente por causa dessa febre. Em meio a tantas histórias diferentes sobre o mesmo conto, eu precisava saber a história original. Quero dizer, sem ser aquela da Disney que estamos acostumados a ver quando pequenos.

Eu o achei bem interessante, principalmente por não se tratar de uma única história. É óbvio que um conto criado oralmente e transmitido por várias gerações, além de criado em vários países diferentes ia ter versões diferentes. E não, os Grimm’s não são os donos da verdade. Eles fizeram uma pesquisa interessantíssima e criaram a sua própria versão daquilo que ouviram, mas existe um acervo muito mais rico e, à sua maneira, mais intrigante espalhado pelo mundo.

E foi justamente isso que Callari fez. Ele pegou várias versões, de vários lugares diferentes e colocou em seu livro, fazendo comentários sobre a sua origem e costumes da época em que foi criado. Juro que fiquei com vontade de estudar conto de fadas depois desse livro. É um mundo interessante demais e muito, muito rico. Existem tantas histórias perdidas por ai, tantas! Espero sinceramente que haja uma versão similar para os outros contos recolhidos pelos irmãos Grimm’s, ou mesmo os outros contos que serviram de inspiração para tantos filmes famosos por ai.

O livro é muito bem editado, com páginas bonitas e bem elaboradas; uma capa simples, porém completa e poucos erros de ortografia/digitação que eu pude perceber. Além do mais, apesar de se tratar de uma pesquisa, ele não é maçante. Foi escrito com fluidez e leveza, sem palavras muito difíceis ou que pudessem complicar a leitura. Dá para ler em uma sentada!

Outra coisa interessante é que, no final, ainda há um conto muito bacana que o próprio Callari escreveu, mostrando a sua visão da história da Branca de Neve. Eu gostei bastante de como ele tratou os personagens e fez bom uso da moral em que se desenvolve a história. Vale a pena ser lido. É um trabalho muito bem feito.

O livro valeu cada centavo e não me decepcionou! Eu o recomendo (:


Avaliação:
Capa: 
Acabamento do livro: 
História: 
Andamento:   

Avaliação Geral:
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário